Google Meet permitirá chamadas diretas sem precisar gerar links


Google quer que suas chamadas, via Meet, sejam mais “espontâneas”, então, planeja eliminar aquelas entediantes etapas, até agora, necessárias, para nos comunicar com um determinado contato.

Ou seja, não será mais necessário criar uma reunião, gerar um link e enviar a um determinado contato… um processo que pode ser longo e entediante… pois é, vamos poder chamar o contato diretamente pelo Google Meet.

Até agora, quando queremos fazer uma videochamada através do Google Meet, seja em grupo ou individual, temos que gerar um link para compartilhar com o resto dos usuários. Uma dinâmica normal na maioria dos serviços de videochamada populares, como o Zoom.

No entanto, Google deseja simplificar a maneira como os usuários se comunicam por meio do Meet. E para isso, anunciou uma série de mudanças, por exemplo, a possibilidade de fazer ligações individuais sem a necessidade de gerar links.

E, para isso, o Google implementará chamadas diretas com o Meet a partir do aplicativo Gmail. Sim, como aconteceu com o Hangouts quando foi integrado ao Gmail, os usuários poderão iniciar uma chamada com seus contatos diretamente desta interface, sem ter que “criar uma reunião” e compartilhar o link.

Ao usarmos esta nova dinâmica, o celular do nosso contato começará a tocar indicando que ele tem um chat, ou se estiver em um navegador, receberá uma notificação do Gmail. Um detalhe a ter em conta é que isso só será possível para chamadas individuais.

Mas, atenção, a dinâmica para chamadas em grupo permanece a mesma: é preciso criar uma reunião, gerar um link e compartilhá-lo com o resto dos participantes. 

A equipe do Google mencionou que esse novo recurso será lançado no aplicativo Gmail em breve.

E esta é apenas uma das novidades que o Google está preparando para o Meet, pois anunciou uma série de novidades para os usuários do Workspace.

Aguardaremos.