Telegram já permite streaming ao vivo para um número ilimitado de espectadores


Telegram acaba de anunciar uma nova atualização, chegando à versão 8.0 e disponível tanto para Android, por meio da Google Play Store, quanto por meio de atualização direta para quem possui a versão independente do Google Play, bem como para iOS.

Nesta versão, Telegram nos traz streams ao vivo (retransmissões) para grupos e canais, permitndo hospedar um número ilimitado de espectadores, ou seja, deixando a televisão tradicional completamente obsoleta, competindo também no segmento dominado por plataformas como Twitch.

A alternativa popular ao WhatsApp informa que para iniciar uma transmissão ao vivo, basta clicar na opção “Videochat” em grupos ou “Transmissão ao vivo” na página de perfil da comunidade da qual você é administrador.

Os espectadores da transmissão também poderão levantar a mão e se juntar à transmissão para falar com outras pessoas, se os anfitriões permitirem.

Sem dúvida, é um recurso mais do que interessante, embora como já sabemos, Telegram sempre costuma vir com mais novidades.

Neste sentido, a plataforma de mensagens também traz opções de customização para o encaminhamento de mensagens, podendo inclusive ocultar os remetentes ou alterar destinatários caso alguém tenha se equivocado de chat na hora de compartilhar mensagem.

Entre outras, essa versão também traz melhorias para o acesso aos adesivos, no Android incorpora visualizações maiores, e mesmo que esteja procurando um adesivo em vez de escrever uma mensagem de texto, agora essa ação será avisada na parte superior.

E esta versão também abriga um contador de comentários não lidos, novos emojis animados, e mesmo tendo acabado de ser lançada, Telegram já está trabalhando na próxima atualização…

Agora, só nos resta atualizar o Telegram para a nova versão, que chega justo quando também acaba de se saber que a plataforma acaba de atingir 1.000 milhões de downloads em todo o mundo, segundo a Sensor Tower, além da previsão de que Telegram pode chegar a 1 bilhão usuários ativos no próximo ano.

Mais informações: Telegram