Clubhouse permitirá a criação de um link no início de cada sala


Ao longo do último ano, o Clubhouse se posicionou como uma plataforma importante para gerar conversas temáticas, hospedando diversos “clubes” que ao longo do tempo conseguiram consolidar suas comunidades.

Reforçando a dinâmica existente, a plataforma anunciou uma nova e útil função que será integrada nos próximos dias: a possibilidade de estabelecer um link no início de uma sala de chat.

A dinâmica não poderia ser mais simples. Os moderadores da sala do clube poderão compartilhar links externos, fixando-os no topo do espaço de bate-papo.

Esta função será estendida a todos os usuários da plataforma. A possibilidade de adicionar, editar ou deletar um link fixo pode ser assumida por qualquer moderador de uma sala, sem discriminar pelo número de seguidores que possui ou qualquer outro parâmetro.

As possibilidades de utilização desta ferramenta são quase infinitas, estando sujeitas, principalmente, às necessidades e criatividade dos criadores de conteúdos. Os links podem ser compartilhados em redes sociais, plataformas de pesquisas, blogs ou portais de notícias, material audiovisual complementar, disponível no YouTube ou podcast, e até plataformas de crowdfunding como Patreon ou similares.

Algumas restrições se aplicam a esta opção, mas não foram especificadas corretamente. Esse recurso foi apresentado em uma conferência The Verge, onde o CEO do Clubhouse, Paul Davidson, sugeriu que links para plataformas como OnlyFans, para citar um exemplo, não seriam suportados ao cruzar os termos da plataforma, que proíbem conteúdo pornográfico.

Junto com o comunicado que oficializa este anúncio, no blog oficial do Clubhouse também é possível encontrar um vídeo de demonstração que, assim como a imagem que acompanha este artigo, aponta especificamente como será essa função, que deverá chegar aos aplicativos para iOS e Android ainda em outubro.

Se você participa do Clubhouse, como parte da dinâmica de interação em que os links são trocados, não será mais necessário ditá-los na conversa ou recorrer a métodos mais complicados. Tal como acontece com muitas outras plataformas sociais, um simples link pode tornar tudo bem mais fácil.