Microsoft Translator já oferece tradução para 103 idiomas


Os tradutores continuam avançando em grande velocidade, e a Microsoft é uma das líderes nessa corrida, graças ao seu Microsoft Translator, plataforma que acaba de adicionar 12 novos idiomas e dialetos, chegando a 103 idiomas.

Foram incluídos baskir, Dhivehi, georgiano, quirguiz, macedônio, mongol (cirílico), mongol (tradicional), tártaro, tibetano, turcomano, uigur e uzbeque (latim), com a capacidade de traduzir textos e documentos, de e para, o idioma falado de forma nativa por 5,66 bilhões de pessoas em todo o mundo.

Já se passaram mais de 20 anos desde que a Microsoft iniciou o projeto de tradução automática. Em 2003, esse sistema traduziu toda a base de conhecimento da Microsoft do inglês para o espanhol, francês, alemão e japonês, publicando-a na Internet na época.

Eles então lançaram o Windows Live Translator e o Translator API, sistemas que o público poderia usar para traduzir, mesmo dentro de documentos do Office.

Com a tecnologia de inteligência artificial, adotaram a tradução automática neural (NMT), mais rápida e eficaz.

Atualmente, trabalham com vários parceiros em comunidades linguísticas que têm acesso a textos traduzidos por pessoas nativas, documentos que servem, entre outras coisas, para treinar sistemas de inteligência artificial. Muitas vezes são parceiros voluntários da comunidade que se encarregam de coletar textos entre a comunidade e os idosos, a fim de obter plataformas de tradução para idiomas como Hmong Daw, Urdu, Swahili, Maia, Otomi, Maori e Inuktitut.

As barreiras linguísticas impedem o acesso a informações vitais e os tradutores podem nos ajudar a superar esse problema. Agora, só precisamos do tradutor definitivo em tempo real, integrado aos fones de ouvido, para que possamos viver no futuro o que vemos nas séries de TV.