Telegram terá uma assinatura mensal para quem não quiser ver anúncios


Já sabemos que o Telegram está começando a ter sua plataforma própria de publicidade focada em levar anúncios para grandes canais públicos, acima de 1.000 assinantes, de acordo com seus temas, respeitando a privacidade dos usuários.

Sabemos também que, pelo menos à princípio, o custo de publicação de anúncios na sua plataforma é bastante elevado, o que impede, no momento, a participação de pequenos e médios anunciantes. 

A boa notícia é que, segundo foi anunciado, haverá uma alternativa para quem não quer mais ver anúncios.

Se trata de um serviço de assinatura mensal, atualmente em desenvolvimento, que deverá ser lançado ainda em novembro, pelo qual o usuário deverá pagar uma taxa mensal para não vê-los.

Por enquanto, os preços para assinaturas de usuários e grandes administradores de canais são desconhecidos, mas Telegram promete oferecer opções acessíveis e baratas para grande parte do público.

Desta forma, como prometeram no final do ano passado, Telegram passará a obter receitas diretas para manter o seu serviço, em constante crescimento, e com mais de 500 milhões de utilizadores ativos por mês, que até agora tem se mantido graças ao Contribuições do próprio Durov, embora o Telegram continue a manter o aplicativo e todas as suas funções até agora gratuitamente.

Os anúncios começarão a chegar nas próximas semanas neste mesmo mês de novembro. Não se esqueça que, até agora, anúncios em grandes canais eram publicados diretamente pelos próprios administradores, usando formatos de publicidade irritantes e invasivos.

Com isso, o Telegram mostrará sua viabilidade e permitirá que continue crescendo, tanto em usuários quanto em funções. O Telegram tornou-se a grande alternativa ao WhatsApp, principalmente em caso de grandes quedas, oferecendo periodicamente ótimas notícias sem comprometer a facilidade e funcionalidade de seu serviço.