Principais mudanças realizadas pelo Facebook em seu feed de notícias em 2021


Já em clima de final de ano, de retrospectiva, Meta compartilhou um resumo de todas as mudanças feitas em 2021 para melhorar a experiência do usuário com o Feed de notícias.

Como já mencionaram várias vezes, a equipe do Facebook leva em consideração os comentários dos usuários para personalizar a forma como o conteúdo é exibido na seção de notícias.

Em geral, as mudanças que Facebook realizou no Feed de notícias em 2021 têm a ver com dar mais controle aos usuários e priorizar apenas o conteúdo que consideram importante. Para isso, reduziram algum conteúdo e realizaram uma série de testes.

Por exemplo, uma das primeiras mudanças que anunciou em 2021 tem a ver com conteúdo político. A equipe do Facebook anunciou que estava testando uma nova dinâmica para reduzir o conteúdo político nas notícias e que os resultados estavam sendo positivos.

Por outro lado, outra mudança que foi feita no Feed de notícias tem a ver com dar aos usuários mais controle para gerenciar o conteúdo que compartilham nesta seção. E para isso, foi adicionada uma nova ferramenta que permite especificar quem pode comentar as publicações, e assim ter controle sobre a interação que ocorre no Feed de Notícias.

E não podemos esquecer que o Facebook implementou a possibilidade de os usuários esconderem os “likes” de suas publicações públicas. Por outro lado, também permite que você priorize as postagens de amigos e páginas diferentes para que apareçam primeiro nesta seção. O Facebook também implementou uma série de dinâmicas para que os usuários possam dar feedback sobre o conteúdo exibido na seção de notícias. Seja por meio de pesquisas ou perguntas diretas, os usuários podem especificar se o conteúdo que o Facebook mostra é de seu interesse ou não.

E também tem dedicado algumas iniciativas para que a dinâmica do Feed de Notícias seja transparente e os usuários tenham clareza sobre seu funcionamento. Claro, nem todas as mudanças foram implementadas internacionalmente. Algumas delas estão sendo implementadas, gradualmente, em diferentes países.