Microsoft adiciona novos recursos de áudio no Teams


A Microsoft está lançando novos recursos de áudio no Teams usando o Machine Learning.

A ideia é que o Teams esteja preparado para manter a qualidade de áudio e vídeo em diferentes ambientes, sem que o usuário precise fazer uma ação extra.

Um dos recursos do Microsoft Teams é a supressão de ruído usando o Machine Learning. Ou seja, a IA pode detectar automaticamente o ruído de fundo durante uma chamada de vídeo para suprimi-lo. Dessa forma, o usuário não terá seu áudio afetado ao falar e se comunicar com o restante dos usuários.

Como a equipe da Microsoft menciona, classifica como ruído qualquer som que não corresponda à voz. Uma dinâmica prática, pois o usuário não terá que tomar nenhuma ação extra para melhorar o som quando estiver em um ambiente ruidoso ou ocorrer uma situação inesperada.

Esse novo recurso está sendo habilitado por padrão na maioria das contas de usuário do Microsoft Teams. E considerando que a música costuma ser um complemento nas videochamadas, Microsoft Teams aplica uma exceção na dinâmica de supressão de ruído. Nesse caso, usando a detecção automática de música.

Ao detectar música, exibirá uma notificação ao usuário para especificar se é áudio desejado ou se deseja excluí-lo. No caso de manter a música, o usuário pode ativar o “modo de música de alta fidelidade”, que permitirá que todas as pessoas participantes da videochamada ouçam o som com a maior clareza possível.

A detecção precisa de música envolveu o treinamento de uma rede neural profunda com mais de 1.000.000 de clipes de áudio contendo fala e música. Em seguida, avaliamos esse modelo com um teste independente de 1.000 clipes de áudio adicionais provenientes de uma ampla variedade de colaboradores. Essa abordagem garantiu uma variedade de condições de gravação, como diferentes microfones e acústica da sala.

Uma dinâmica mais do que interessante se uma aula de música está sendo dada ou um recital está sendo transmitido.