Novidade do Google ajuda vítimas de violência doméstica


O Google e a National Domestic Violence Hotline, traduzindo significa Linha Direta Nacional de Violência Doméstica (The Hotline), serviço norte-americano responsável pelo apoio às vítimas de violência doméstica 24 horas por dia, 7 dias por semana, lançaram em conjunto uma iniciativa. Os estados que procuram algo relacionado a maus-tratos em relacionamentos amorosos encontrarão uma caixa no topo dos resultados da pesquisa, destacando as opções de contato para Hotline.

As vítimas de maus tratos encontrarão opções de contato como o telefone de contato e o serviço de chat ao vivo, entre outros, para se comunicar com a organização e receber informações e suporte de acordo com sua situação particular, cujo atendimento é oferecido em um total de 200 idiomas, graças aos intérpretes.

Entre outros aspectos, podem ser sugeridas às vítimas coisas como gerenciar seu histórico de buscas e navegação na Internet, utilizar equipamentos de informática externos, como os de call centers, centros de trabalho ou abrigos, e até mesmo usar endereços de e-mails alternativos de conhecidos.

The Hotline também vê que, com a chegada da pandemia, o problema se agravou para pessoas vulneráveis, principalmente, maus-tratos nas relações amorosas.

E isso se soma ao fato de que as vítimas geralmente ficam mais indefesas, e a iniciativa chega ao Google que a entende como um dos passos na busca de informações na Internet, já que tudo sempre passa pelo mecanismo de busca principal.

Dessa forma, se pesquisar usando termos como “violência doméstica ajuda” ou em sentido semelhante, como “meu parceiro me bate”, o Google mostrará essa informação com mais destaque, para que as vítimas não precisem perder mais tempo e possam entrar diretamente em contato com a organização.

Mais informações: Google