Google irá remover as permissões de apps que não usamos


O Google está implementando uma nova dinâmica no Play Protect para proteger os usuários das permissões solicitadas pelos apps.

Nesse caso, relacionado às permissões dos aplicativos que os usuários instalam, mas acabam não usando mais no celular.

Talvez já tenha acontecido com você, de acabar baixando os aplicativos da moda, experimentando e esquecendo-os no seu celular. Ou talvez você tenha baixado um aplicativo para uma atividade específica e tenha parado de usá-lo após alguns dias.

Todos esses aplicativos, embora não use mais, continuam mantendo a mesma configuração com todas as permissões que você habilitou na instalação. E se você é daqueles que se esquece dos aplicativos, vai se lembrar menos de revogar suas permissões.

Para que isso não seja um problema, o Google Play Protect está implementando uma nova dinâmica. Já sabemos que esta ferramenta do Google cumpre uma série de funções para proteger o dispositivo móvel. Por exemplo, pode verificar aplicativos do Google Play, avisar se algum deles é potencialmente prejudicial, entre outras opções.

E agora uma nova tarefa foi adicionada: remover as permissões dos aplicativos que não usa há muito tempo. Uma dinâmica que já estava disponível para celulares com Android 11, e que agora está implementada em versões anteriores, conforme mencionado em Android Authority. Claro, essa dinâmica não se aplica a todos os aplicativos, mas àqueles que não cumprem uma função importante e que tendemos a esquecer no celular.

Se você quiser ver se este sistema foi aplicado ao seu celular, basta acessar o Google Play, clicar no seu avatar e escolher a opção “Play Protect”. Você verá uma mensagem como “Remover permissões de aplicativos que não são usados” que indicará que esta medida será tomada com os aplicativos que não foram usados ​​por 3 meses. Então clique em “Visualizar aplicativos” e ele mostrará todos os que se enquadram nesse critério.