Mastodon, a alternativa descentralizada ao Twitter, já tem app oficial para Android


Muito se falou nos últimos dias sobre o Twitter e a intenção de Elon Musk de adquiri-lo em sua totalidade para fazer mudanças que possibilitem se tornar uma plataforma positiva onde haja liberdade de expressão.

A verdade é que o Twitter não é a única plataforma de rede social com formato de microblogging na Internet.

Entre as inúmeras alternativas podemos destacar o Mastodon, uma plataforma de rede social semelhante ao Twitter para o público, mas que funciona em segundo plano de maneira semelhante ao e-mail, quando não é necessário se registrar no mesmo servidor para entrar em contato com esses usuários que pertencem ao mesmo.

É o equivalente a poder enviar uma mensagem de e-mail do Gmail para os usuários cadastrados no Outlook e vice-versa, por exemplo, mas levados para o segmento de redes sociais.

Ou seja, Mastodon é uma plataforma descentralizada para redes sociais, onde cada servidor é independente e pode aplicar suas próprias políticas particulares.

Graças a isso temos servidores que suportam conversas em geral, mas também servidores específicos para compartilhar fotos, estar em contato com outros programadores, etc., gerando comunidades específicas.

Cada servidor é conhecido como uma instância, e será relacionado entre si por meio do protocolo ActivityPub, implementado também em outros serviços chamados fediverso, entre os quais está Pleroma (outra alternativa ao Twitter) e Pixelfed (alternativa ao Instagram).

Graças a isso, pelo Mastodon é possível acompanhar as publicações de quem está em qualquer servidor ou instância do Pixelfed e vice-versa.

A novidade mais notável do Mastodon hoje é que a partir de agora ele tem seu próprio cliente oficial para dispositivos Android, chegando inicialmente à Google Play Store, mas com a promessa de chegar posteriormente ao F-Droid, uma das alternativas à Play Store para projetos de código aberto.

Do XDA Developers comentam algumas deficiências reparadas em clientes de terceiros, como não ter a exibição da timeline local, ou seja, ver apenas as publicações da comunidade da própria instância, embora nenhum deles tenha a exibição da timeline federada.

De qualquer forma, mantém semelhanças com a versão oficial lançada no iOS no ano passado.

Link: Mastodonte para Android