Adobe planeja oferecer uma versão gratuita da versão web do Photoshop


A Adobe tem planos interessantes para a versão web do Photoshop, buscando disponibilizá-lo para um maior número de usuários possíveis, facilitando seu uso mesmo em computadores menos potentes e, assim, poder atrair novos assinantes para a sua versão paga, que permite acessar todos os benefícios.

Como você deve lembrar, no final de outubro do ano passado a empresa lançou publicamente a versão web do Photoshop, em seu evento Max 2021, como uma ferramenta colaborativa, com funções básicas, e na qual os criadores disponibilizaram uma URL para que outros pudessem acessar, sem precisar ser assinante, para adicionar seus comentários, embora os assinantes também pudessem fazer modificações básicas nele.

Apesar de ainda não ter completado seu primeiro ano, várias atualizações ao longo do caminho permitiram que a versão web atual fosse perfeitamente funcional para que qualquer criador pudesse iniciar seu trabalho diretamente nessa versão.

Agora a Adobe está pensando em oferecer uma versão gratuita com a maioria das funções disponíveis, só sendo preciso ter uma conta de usuário Adobe.

Para isso, a empresa está realizando um teste no Canadá, sem adiantar uma data de lançamento e, enquanto o teste está em andamento, a versão web para assinantes continua recebendo novos recursos.

A ideia, como já indicamos, é buscar parte dos novos usuários da versão gratuita do Photoshop na web para posteriormente se tornarem assinantes, podendo assim acessar todos os recursos através de qualquer navegador web moderno, inclusive, além de dispositivos onde geralmente não é viável ter uma versão para desktop, como Chromebooks.

E enquanto a versão web para assinantes cresce em recursos, a versão desktop nativa também começa a ter um recurso baseado em Inteligência Artificial chamado “restauração de fotos”, e que chega na fase de pré-visualização para retirar aqueles arranhões típicos de fotos mais antigas, e que combinado com a função de coloração, poderão recuperar fotos, embora, claro, nem sempre com resultado tão satisfatório.

Crédito da imagem: Adobe