Twitter permitirá editar um tweet até cinco vezes em trinta minutos


O Twitter, finalmente, está lançando o recurso mais solicitado pelos usuários ao longo dos anos, que é basicamente a capacidade de editar tweets já publicados. Nesse sentido, a empresa quer ter cuidado para evitar que a implementação da função mais solicitada vá de encontro a conversas saudáveis, pois pode haver usuários abusando dessa função e, portanto, o Twitter irá testar o comportamento dos primeiros usuários a fazerem uso da mesma .

Nesse sentido, na semana passada já soubemos que os primeiros sortudos serão alguns dos assinantes do Twitter Blue ao longo dessas semanas, e tiveram, no máximo, 30 minutos para fazer algumas modificações.

Agora sabemos que em trinta minutos após a postagem de um tweet, é possível fazer cinco edições, o suficiente para corrigir erros de digitação, alterar elementos de mídia e muito mais.

Segundo TechCrunch a própria plataforma social estará monitorando o comportamento dos usuários, levando em conta que está começando a atingir alguns assinantes do Twitter Blue na Nova Zelândia e depois expandir para assinantes na Austrália, Canadá e Estados Unidos.

O limite de cinco alterações máximas nos trinta minutos após a publicação de um tweet ainda está em teste, portanto, isso pode mudar dependendo do comportamento dos usuários, já que alguns especialistas temem que essa função possa ser usada para espalhar políticas erradas ou fraudes de criptografia.

O Twitter não quer que mais problemas, como os que vieram à tona relacionados ao manuseio de contas de bot e spam que, inclusive, levaram Elon Musk a desistir de comprar essa rede social.