Wwwhat's new? – Aplicações e tecnologia

Projeto Gizé: um passeio virtual pelo antigo Egito


A Grande Pirâmide de Gizé, localizada nos arredores do Cairo, Egito, é uma das construções mais antigas do mundo. Além de seu valor histórico, é um destino turístico altamente valorizado globalmente.

Para aproximar mais pessoas dessa atração milenar, a Universidade de Harvard e o Ministério de Turismo e Antiguidades do Egito lançaram o Projeto Gizé, iniciativa que disponibiliza ao público um tour virtual completo baseado em fotos reais, em vez de de uma reconstrução digital.

A Grande Pirâmide de Gizé, composta por milhões de blocos de pedra, mede atualmente 138,8 metros. Atualmente, a tumba do faraó Quéops é a única das Sete Maravilhas do Mundo Antigo que ainda permanece junto com suas duas companheiras, as pirâmides construídas por seu filho Khafre e seu neto Menkaure.

Esta impressionante construção, cujas obras foram concluídas aproximadamente durante o ano 2570 a. C., foi estudada em detalhes durante grande parte da história. Ultimamente, mesmo com a ajuda de robôs, somada à aplicação de outras técnicas mais avançadas e modernas, ela continua sendo objeto de estudos, pois especialistas da área garantem que esse trabalho ainda guarda alguns segredos por descobrir.

Toda a mística que envolve esta construção histórica fez das pirâmides egípcias um destino turístico altamente valorizado ano após ano. No entanto, este nunca deixou de ser um destino exclusivo, inacessível a qualquer público, principalmente se vier de locais remotos.

Graças a um esforço conjunto entre a Universidade de Harvard e o Ministério do Turismo e Antiguidades egípcio, surgiu o Projeto Gizé, uma iniciativa que permite a qualquer visitante, sem registo prévio, fazer uma visita virtual a partir do seu computador ou celular.

O passeio oferecido por essa experiência virtual começa no chamado “túnel do ladrão”, ponto de onde atualmente começam os passeios turísticos que acontecem no local. O interessante desse tour virtual é que ele inclui, além dos setores abertos ao turista presencial, áreas restritas ao público, como a câmara subterrânea da pirâmide.

Esta visita virtual completa, que inclui o interior e o exterior do túmulo de Quéops, está disponível em 3D, complementada por imagens esféricas de 360º.

Para acessar esta experiência, basta acessar o site do Projeto Gizé e seguir as instruções de navegação. No meio do passeio é possível acessar diversos pontos acompanhados de textos explicativos completos, como se fosse uma verdadeira visita turística.

Sair da versão mobile