Fliki transforma tweet em vídeo para compartilhar no Reels e TikTok

Vídeos curtos estão em alta nas redes sociais, então, se você passa muito tempo no Twitter, pode estar interessado na solução que mostraremos agora.

Se trata de Fliki, uma ferramenta automática de criação de conteúdo que apresenta uma função que transforma um tweet em um vídeo, em poucos segundos. Continue lendo “Fliki transforma tweet em vídeo para compartilhar no Reels e TikTok”

Instagram e Facebook darão mais controle aos adolescentes para gerenciar publicidade

A equipe Meta anunciou uma série de atualizações a serem lançadas no Instagram e no Facebook em relação à publicidade para adolescentes.

Alterações que não se aplicam apenas aos anunciantes, mas também serão refletidas nos controles para gerenciar os anúncios exibidos no Instagram e no Facebook, mudanças que começarão a ser aplicadas nos próximos meses. Continue lendo “Instagram e Facebook darão mais controle aos adolescentes para gerenciar publicidade”

Mastodon recusa financiamento de investidores para manter a independência

Mastodon, a rede social concorrente do Twitter, não para de crescer, e continua firme em sua decisão de continuar independente, sendo considerada a principal alternativa ao Twitter, principalmente, após sua aquisição pelo magnata Elon Musk, quando passou dos 300.000 para 2,5 milhões de usuários ativos mensais, só em um mês.

Desenvolvida por uma organização sem fins lucrativos, tendo como responsável Eugen Rochko, Mastodon foi criada em 2016, com o apoio de crowdfunding, funcionando por meio de servidores, como se fossem comunidades.

O fato é que devido a todo crescimento nos últimos meses, Mastodon recebeu ofertas de mais de cinco investidores radicados nos Estados Unidos, querendo investir milhares de dólares para sustentar a plataforma.

Apesar da tentação que isso representa, Rochko vem rejeitando as ofertas, prometendo manter Mastodon como uma plataforma independente e sem fins lucrativos, situação que ele considera intocável.

Para quem não sabe, cada instância do Mastodon é regida por regras de moderação específicas estabelecidas pelo seu criador, daí existirem instâncias gerais, instâncias em sua maioria dedicadas à tecnologia, entre outras possibilidades.

Atualmente, Mastodon angaria dinheiro através de donativos de particulares pela plataforma Patreon, possuindo mais de 8.500 doadores, e onde o único acionista do Mastodon é o próprio Eugen Rochko, que segundo o seu relatório anual de 2021, paga a si próprio os mesmos 2.400 euros por mês.

E sobre os altos e baixos das decisões de Musk, e principalmente a proibição de compartilhamento de links para outras plataformas sociais, que  acabou voltando atrás logo depois, Rochko escreveu na época que isso é um lembrete de como as plataformas centralizadas “podem impor limites arbitrários e injustos” sobre o que é e o que não pode ser dito.

Via: ArsTechnica