12 utilidades Open Source para o trabalho com blogs e outros sites

Em OnlineCollegeCourses destacaram algumas utilidades Open Source perfeitas para facilitar, ao menos um pouco, o árduo trabalho de manter um blog. O auge da coleção está nos aplicativos de gestão segura dos arquivos, embora também tenha os feitos para tarefas mais específicas que por sua natureza repetitiva se executariam de maneira mais eficiente com ajuda extra.

1. Launchy: Um lançador de aplicativos e arquivos muito mais rápido que o oferecido pelo botão “Início” do Windows, além de funcionar também em Mac OS X e Ubuntu. Tecla alt + Barra de espaço será o atalho necessário para executá-lo e permite escrever o programa ou arquivo buscado.

2. ZManda: Um servidor para programar cópias de segurança na nuvem, através do serviço de alojamento de Amazon Cloud, se a nossa informação se encontrar alojada em equipamentos com Windows ou GNU/Linux.

3. Mozilla SeaMonkey: Cliente de email, navegador, leitor de feeds RSS, chat IRC e edição de HTML, tudo em um só pacote e com o espetacular manejo que caracteriza os produtos de Mozilla. Inclui também uma seção de complementos para adaptá-lo ao nosso gosto.

4. Spreeder: Para aprender a ler com maior velocidade e mais importante ainda, compreendendo tudo. A ideia é selecionar um texto, definir uma velocidade de visualização e iniciar o reprodutor que irá mostrando palavra por palavra juntamente com a sua pronúncia.

5. PDFCreator: Com PDFCreator é possível converter arquivos de oficina (texto, folha de cálculo, imagens) e de outros aplicativos diretamente em formato PDF, facilitando seu manejo e proteção. Em sintonia com a criptografia para os resultados, envio por e-mail e assinaturas.

6. ASuite: Um lançador especializado para gerenciar o conteúdo de dispositivos removíveis. É como um menú de “Inicio” exclusivo para memórias USB e reprodutores de música.

7. Mozilla Firefox: O fascinante navegador de Mozilla com infinidade de complementos e temas, grande velocidade, intuitiva utilização, gestão impecável de janelas, segurança, versões portáteis, sincronização, compatibilidade com HTML5 e CSS3, publicação em vários idiomas, etc.

8. Writer’s Tools: Um pacote de extensões para OpenOffice e LibreOffice que a modo de menú agregará as suites adicionado ao pacote de escritório livre, o Google Tradutor, backup (via FTP, e-mail, local), encurtamento de URL, gerenciamento de tarefas, contador de palavras, timer, e até mapas a um clique.

9. TrueCrypt: Para criptografia de documentos e proteção por meio de drives virtuais. Existem vários algoritmos de criptografia, suporte para dispositivos removíveis e ampla informação em seu site.

10. Piwik (antes phpmyvisites): Para recorrer todo tipo de estatísticas e medições do público visitante: número de visitas, páginas populares, taxa de rejeição, tempo médio de permanência, sites, motores de busca utilizados. É um Google Analytics Open Source com plugins e relatórios, mesmo via RSS Feed.

11. PeaZip: Uma solução para a extração e compressão de pastas em formato ZIP, 7Z, TAR, ISO, RAR, BZ2 e outras dezenas de terminações. Unir arquivos, dividir os maiores, encontrar arquivos duplicados, proteger com senha os desejados, velocidade e uma interface muito limpa são alguns de seus pontos extra.

12. txt2tags: Um conversor que passa qualquer arquivo de texto plano com pequenos detalhes marcados (TXT) a muitos outros formatos (toTAGS): LaTeX, ASCII, HTML, DokuWiki, Google Code, Wikipedia e mais. Requer Python para funcionar.