Como funciona Flickr

Seguindo com nossa seção de Como Funciona…, agora vamos dar uma olhada no veterano serviço de hospedagem de fotografias na Internet, Flickr (flickr.com), um lugar ideal para quem deseja colocar seus melhores trabalhos fotográficos, e de quebra, dar visibilidade aos mesmos perante outros amantes da arte fotográfica, e inclusive, conseguir vender algumas de suas obras a quem estiver interessado.

Flickr

O que é Flickr?

Flickr é uma das mais importantes comunidades da Internet que permite aos amantes da fotografia expor suas melhores obras, por isso as imagens ali encontradas, na grande maioria são de alta qualidade. Obviamente, também há usuários que usam Flickr como repositório de seus momentos pessoais através dos diferentes álbuns criados. Todos os usuários têm à sua disposição uma série de ferramentas que lhes permitem gerenciar facilmente todos seus arquivos fotográficos, desde a organização em si até a realização de uma série de ajustes sobre as próprias imagens.

Flickr já teve muita pouca concorrência, sendo Photobucket um de seus mais diretos rivais. Sem dúvida, ao longo do tempo, foi crescendo o número de serviços pretendendo competir de frente, como Ipernity, Smugmug, ou 500px, entre outros. Atualmente, Flickr quer ir recuperando usuários a seu serviço, tratando de se aproximar da posição que teve em seus tempos de glória.

Um pouco de história

Flickr é um claro expoente de serviço na Internet que nasceu como um conceito diferente ao que finalmente é na realidade e é conhecido pelos usuários. Tal e qual podemos consultar en seu artigo na Wikipedia espanhola, foi criada no ano 2004 por Ludicorp, sendo inicialmente parte de um jogo online multiplayer, Game Neverending, embora em pouco se converteu em um projeto independente, cujas primeiras versões dispunha de um chat para a troca de imagens, embora tenha vindo a desaparecer em versões posteriores.

Foi no ano 2005 quando Yahoo! se fez tanto com Flickr como a companhia que o desenvolveu, Ludicorp, de forma que Yahoo! centrou seus esforços neste serviço em detrimento de Yahoo! Fotos. Já em 2007, Yahoo! decidiu que os usuários que usavam Flickr, necessitavam dispor de uma ID de Yahoo! associada. Também foi neste ano, em Junho, que Flickr ampliou o número de idiomas suportados, entre eles, o espanhol.

Alguns aspectos negativos que podemos recordar de Flickr são entre outras coisas, ter tornado possível no ano 2008 incluir pequenos vídeos de até 90 segundos a usuários de contas pagas, algo que fez com que recebesse muitas críticas por parte da própria comunidade, que indicavam que tal inclusão ia contra sua identidade. També, houve polêmica em torno da sensura de imagens, algo que deu muita dor de cabeça aos usuários, entre eles, quem expunha fotos de nus e os filtros de Flickr o interpretavam como conteúdo sexual.

Já mais recentemente, em maio, Flickr mudou completamente seu design, organizando os diferentes elementos visuais mais de acordo com os tempos atuais, e oferecendo 1 TB de espaço gratuito aos usuários, que se viram também sem as limitações das versões anteriores de Flickr.

Hacia quién va dirigido

Flickr é dirigido a todos os usuários que desejam gerenciar e ter um lugar na Internet onde ter hospedadas suas própeias obras fotográficas. Não obstante, também há quem queira o empregar para assuntos mais profissionais, embora este tipo de usuário vem migrando ao Facebook para colocar suas fotos com o mesmo fim. Tampouco devemos nos surpreenders se encontrarmos ilustrações de alguns artistas gráficos, embora as plataformas para este fim mais adequadas sejam comunidades como Devian Art ou a mesma Pinterest.

Como criar uma conta de usuário

Atualmente, os usuários poderão criar uma conta em Flickr se possuirem uma conta no Yahoo, embora desde 2010 e 2011, os usuários possam usar Flickr usando suas contas de Google e Facebook respectivamente, uma estratégia encaminhada a obter novos usuários a seu serviço, abrindo a identificação aos sócios antes mencionados.

Como se usa

A nova interface está bem mais intuitiva, logo mais simples para ser usada por qualquer usuário. Os usuários terão que iniciar sessão, e seguidamente, buscar a opção de subir fotos, situada na aba superior, onde entrarão em uma interface sobre a qual poderão selecionar fotos e vídeos hospedadas localmente, estabelecer categorias, títulos, vincular a álbuns, etc. Os usuários também poderán gerenciar suas redes de contatos, estabelecer o nível de privacidade de suas imagens, e inclusive participar nos grupos de usuários existentes, chamadas comunidades, embora com o aparecimento do Facebook, hoje, há muitas comunidades abandonadas a sua sorte, sem apenas interagir, embora continuam aparecendo outras onde os usuários seguem participando em grupos de discussão e publicando suas imagens.

Que aporta aos próprios usuários

Os usuários tem em Flickr uma ferramenta especializada na gestão e na socialização de suas próprias imagens, podendo também inclui-las em outros serviços graças ao código HTML que podem obter. Além disso, ganham em visibilidade, já que o buscador de imagens do Yahoo também tem em conta as imagens hospedadas em Flickr, e também, supõe uma vitrine de vendas de imagens para os usuários que queiram rentabilizar seus trabalhos fotográficos.

Conclusões

Flickr é desde, praticamente, nove anos uma das comunidades mais importantes que giram entorno do mundo da fotografia, embora atualmente disponha de novos competidores que pretendem lhe fazer sombra. De fato, Flickr é um dos serviços mais atuais de referência dentro de um modelo do Yahoo! praticamente esgotado antes da chegada de Marissa Mayer a frente para renová-lo, renovação que meses atrás também alcançou o própria Flickr, a qual estava sem novidades há tempos, se tornando defasada.

Hoje em daa, supõe uma opção mais que interessante e confiável para dispor das próprias fotografias na Internet, tendo atras de si uma trajetória bastante prolongada, sendo atualmente uma aposta forte por parte dos atuais diretores do Yahoo. No mais, dispõe também de aplicativos móveis para diferentes plataformas móveis, como em iPhone, como podemos ver neste vídeo com o qual os deixamos para que possa comprovar tudo o que se pode fazer atualmente com esta plataforma social: