Segundo The Verge, o Google estaria desenvolvendo Android TV

Android TV

Até agora, muitas das estratégias para transformar os televisores em dispositivos multimídia interativos consistiam em acoplar periféricos que converteriam estes televisores em uma espécie de tablets gigantes. Agora, a visão do Google parece ter mudado, de acordo com documentos acessados com exclusividade por The Verge, os quais sugerem o empenho de Google em continuar querendo conquistar as salas de todas as casas, para que desfrutem conteúdos multimídia, apostando agora em um produto muito mais simples chamado Android TV.

Assim, Android TV pretende ser uma interface de entretenimento em vez de uma plataforma informática, segundo estes documentos, cujo objetivo seria a possibilidade de encontrar e desfrutar os conteúdos da maneira mais fácil possível. Google estaria pedindo aos desenvolvedores a criação de aplicativos de televisão extremamente simples para uma interface de set-top box extremamente simples.

A interface estaria composta por cartões que representarão filmes, programas, aplicativos e jogos, podendo navegar por eles através de um controle remoto com um pad direcional de quatro direções. O controle remoto também iria dispor de botões de entrada, de início e de retrocesso e também não contaria com dispositivos opcionais. Android TV também teria suporte para as entradas por voz e notificações, embora Google indique aos desenvolvedores que seus aplicativos usem as notificações somente em casos específicos.

Não faltarão as sugestões de conteúdos nem a retorno aos mesmos se estes começarem a ser visualizados de outros dispositivos, e em qualquer caso o acesso aos mesmos deve ser simples e mágico, segundo estes documentos. A ideia de Google é que os usuários não precisem de muitos clicks ou gestos para aproveitarem seus conteúdos.

No fundo se executaria Android, porém a interface seria uma bem simples, oferecendo uma experiência otimizada para o desfrute de conteúdos através das salas de estar, evitando introduzir funções supérfluas, como telefonia, câmera, suporte tátil e de comunicação.

The Verge entende que Chromecast não desaparecerá, especulando que os desenvolvedores teriam que criar duas interfaces diferentes, uma para Chromecast e outra para Android TV. Além disso, estes documentos também poderiam criar confusão nos sócios de Google que também estão apostando por trazer experiências de consumo de conteúdos nos televisores.

Em qualquer caso, se trata de uma publicação de The Verge na qual Google, no entanto, ainda não fez nenhum comentário a respeito.