MIT está trabalhando em um robô para detectar drogas transportadas em navios

Já falamos várias vezes aqui sobre MIT, o Instituto Tecnológico de Massachusetts, responsável pelos inventos mais úteis e interessantes dos últimos anos. Agora, um grupo de pesquisadores do MIT anunciou estar trabalhando em um robô submersível que pode ser utilizado para localizar droga transportada nos cascos dos barcos.

Este robô, redondo e do tamanho de uma bola de boliche, teria sido desenhado para poder se mover ao redor do casco dos barcos, utilizando ultra-sons para localizar falhas e anomalias neles, que podem estar sendo utilizados para ocultar droga. O robô está dividido em duas metades. Por um lado, uma metada é resistente à água (onde fica alojada toda a parte elétrica responsável pelo seu funcionamento) e a outra metade é permeável e inclui o sistema de propulsão que permite mover o robô por contêr seis bombas encarregadas de expulsar a água. Para funcionar, este robô conta com uma bateria de litio com uma autonomia de 40 minutos, e pode se mover a uma velocidade de até um metro por segundo. Outra das características do mesmo que o tornam tão atraente é que teria um custo realmente acessível (600 dólares) já que foi parcialmente fabricado com uma impressora 3D.

No momento, é apenas um protótipo, faltando ainda muito para poder ser convertido em um produto real. Ainda assim, as expectativas postas nele são bastante elevadas. O passo seguinte será melhorar a bateria do robô e modificar seu sistema de propulsão, mudanças que permitirão melhorar a autonomia até 100 minutos.

Crédito da imagem: MIT (Cortesia dos pesquisadores)