WhatsApp, novamente bloqueado no Brasil

whatsapp

Mais uma vez, os brasileiros pagam o pato… a Justiça de Sergipe mandou as maiores operadoras de telefonia do país bloquearem o acesso dos brasileiros ao WhatsApp, aplicativo mais popular de mensagem instantânea.

Dessa vez, o bloqueio foi porque o Facebook, dono do WhatsApp, não cumpriu uma decisão judicial anterior, de compartilhar informações que subsidiariam uma investigação criminal. Para quem não lembra, em março desse ano, a recusa já havia resultado na prisão do presidente do Facebook para América Latina, em uma decisão do mesmo juiz do Sergipe, Marcel Maia Montalvão, da Vara Criminal de Lagarto.

Embora o WhatsApp diga que cooperou com os tribunais brasileiros, porém, afirma que a Justiça tenta forçar a entregar informações que não possui.

Veja abaixo o comunicado do WhatsApp:
“Depois de cooperar com toda a extensão da nossa capacidade com os tribunais brasileiros, estamos desapontados que um juiz de Sergipe decidiu mais uma vez ordenar o bloqueio de WhatsApp no Brasil. Esta decisão pune mais de 100 milhões de brasileiros que dependem do nosso serviço para se comunicar, administrar os seus negócios e muito mais, para nos forçar a entregar informações que afirmamos repetidamente que nós não temos.”

Porém, segundo alguns relatos no Twitter e no Facebook, o WhatsApp ficou liberado para uso por meio de wi-fi, na tarde desta segunda-feira (2).

A multa diária para as empresas de telefonia que descumprirem a ordem é de R$ 500 mil.

Segundo o WhatsApp em comunicado: “o bloqueio pune mais de 100 milhões de brasileiros. Estamos desapontados que um juiz de Sergipe decidiu mais uma vez ordenar o bloqueio de WhatsApp no Brasil”.

A empresa lamentou a decisão, dizendo não possuir a informação exigida pelo juiz que determinou o bloqueio.

Aguardaremos…