MIT cria uma nova linguagem de programação: SIMIT

mit

Quem trabalha no mundo da programação, realizando simulações de diversos tipos, certamente, já deve ter ouvido falar de SIMIT, uma nova linguagem de programação que nasce no MIT para facilitar este tipo de tarefas.

O projeto foi realizado em conjunto com Adobe, a Universidade de Califórnia em Berkeley, a Universidade de Toronto e duas universidades de Texas, um projeto que pode acelerar as simulações por computador de forma significativa.

Leia também: 3 RECURSOS PARA APRENDER A PROGRAMAR EM SWIFT, A LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO DA APPLE

O objetivo é reduzir em 10% a quantidade de código utilizado nas simulações, e para isso tem trabalhado na forma de informar dados de álgebra linear e traduzi-los nos gráficos. O resultado é uma linguagem de programação que também tem aplicações fora das simulações, já que pode ser usada na aprendizagem de máquinas, análises de dados, otimização de processos e robótica.

O documento explicando os detalhes do novo Simit pode ser encontrado em news.mit.edu, onde comentam que seu secredo é o fato de Simit não ter que traduzir os gráficos em matrizes e vice-versa. Em seu lugar, podem ser traduzidas as instruções emitidas na linguagem da álgebra linear na linguagem de gráficos, um processo muito mais rápido e eficiente.

Leia também: EMOJICODE, LINGUAGEM DE PROGRAMAÇÃO BASEADA EM EMOJIS

Ainda é cedo para ter documentos que ajudem a entender a linguagem e aplica-lo, porém, é um bom momento para rastrear a palavra “Simit” na Internet.