Mews: Inteligência Artificial para detecção de notícias falsas na internet


A desinformação, perpetrada por meio de notícias falsas ou distorcidas, é um dos grandes vícios da Internet hoje, em que as redes sociais têm atuado como catalisadores desse problema.

Um artigo de pesquisa recentemente publicado propõe um sistema para análise e detecção de manipulação de redes sociais em tempo real.

Pesquisadores das Universidades de Notre Dame e Louisville, apresentaram a versão beta do MEWS (Misinformation Early Warning System), um sistema que escreve os vários aspectos de ingestão, detecção de adulteração e algoritmos gráficos usados ​​para determinar, em tempo quase real, as relações entre imagens de mídia social usadas para transmitir informações de notícias, à medida que essas expressões surgem e se espalham nas plataformas de mídia social.

Ao combinar essas várias tecnologias em um único pipeline de processamento, o MEWS ganha a capacidade de identificar elementos de mídia manipulados.

Nessa lógica de análise, o surgimento de uma nova manipulação de conteúdo, seguida de uma rápida disseminação do material manipulado, sugere uma campanha de desinformação.

O sistema proposto utiliza um banco de dados de imagens e vídeos de diversas plataformas de mídia social em seu rastreamento. Esta amostra é processada por vários sistemas de IA de última geração, capazes de identificar manipulações e certos elementos-chave, como os rostos que aparecem, objetos visíveis, textos e outras características visuais.

Então, após detectar isso, o sistema constrói um gráfico de mídia que emparelha sub-imagens, objetos e manipulações semelhantes, para exibi-los de forma comparativa em uma interface de usuário interativa, facilmente navegável e pesquisável.

Várias demonstrações, documentadas neste relatório de estudo, mostraram que o sistema proposto pode revelar de forma interativa tendências emergentes em imagens de mídia social em tempo quase real e identificar manipulações e alterações repetidas em elementos e plataformas de mídia.

Para usuários civis, o MEWS estará disponível no futuro para ser usado como interface de busca, para entender como a desinformação se espalha nas redes sociais, em meio a esses tempos em que sua influência social é realmente absurda.