A inteligência artificial matará o CAPTCHA

IA

Saber se quem está por trás do computador ou do dispositivo móvel é realmente um ser humano, e não um bot, é algo que há tempos se faz com o uso de CAPTCHA. Responder perguntas, identificar objetos ou colocar letras é já algo comum em todo tipo de formulário, porém, certamente, dentro de pouco tempo, graças à Inteligência Artificial, veremos outros sistemas.

Um novo estudo, resumido em IEEE a partir da publicação de sciencemag.org, mostra que um software de inteligência artificial pode resolver CAPTCHAs copiando como funciona a visão humana.

Leia também: AMPERMUSIC, UM SISTEMA DE INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL PARA CRIAÇÃO DE MÚSICA

Os CAPTCHAs estão projetados para ver se os usuários são humanos, muitas vezes para evitar que os bots acessem os serviços de computação, e deixa de se considerar válido se um algoritmo pode resolve-lo com sucesso pelo menos 1 % do tempo. O novo software, ainda em estudo, poderia resolver CAPTCHAs com 66.6 % de precisão, deixando-os obsoletos.

A startup Vicarious criou a Red Cortical Recursiva (RCN), uma rede neuronal artificial que imita o funcionamento do cérebro, onde os “neurônios artificiais” se alimentam de dados e trabalham juntos para resolver um problema como a identificação de texto ou o reconhecimento da fala. O novo sistema desenhado requer 300 vezes menos dados de treinamento, sendo capaz de gerar modelos que podem identificar rapidamente superfícies e contornos para ajudar a reconhecer imagens e objetos, dando só uns poucos exemplos.

Leia também: GOOGLE LANÇA DIVERTIDO EXPERIMENTO PARA APRENDER INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL

Isso mostra que temos que buscar outras maneiras e, de fato, as grandes empresas já se mexeram para deixar para trás o clássico “escreva o texto que aparece na figura”.