Facebook potencia sua Inteligência Artificial para detectar tendências suicidas

Não é de hoje que o Facebook vem implementando uma série de ferramentas e tecnologias para ajudar pessoas com pensamentos suicidas.

Seguindo essa linha, anunciaram uma série de atualizações para esta dinâmica, que ampliará seus benefícios no mundo inteiro. Uma delas, tem a ver com a Inteligência Artificial, utilizada pelo Facebook para identificar padrões no conteúdo compartilhado na plataforma.

Ou seja, busca padrões nas publicações, comentários ou transmissões ao vivo, que expressem  conotações suicidas. Isso ajuda a detectar possíveis tendências suicidas sem necessidade de reportes por parte dos usuários.

Esta tecnologia já estava habilitada nos Estados Unidos, e agora se estende ao mundo todo, com a exceção da União Europeia.

Facebook

Leia também: DISNEY ESTÁ UTILIZANDO INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL PARA ANALISAR A REAÇÃO DA PLATEIA

Também melhoraram a dinâmica utilizada para dar assistência profissional aos usuários que a necessitam. Combinam o potencial da Inteligência Artificial e o trabalho das equipes do Facebook designados, para priorizar os casos que requerem ajuda urgente de especialistas.

Facebook levou em conta uma série de detalhes para facilitar o trabalho dos moderadores. Por exemplo, a IA assinala a parte das publicações onde aparecem os padrões comentados acima, para identificar facilmente os comentários com tendências suicidas.

Leia também: YVA, NOVO ASSISTENTE VIRTUAL DE GESTÃO DE TAREFAS BASEADO NA INTELIGÊNCIA ARTIFICIAL

Além disso, contam com todas as ferramentas necessárias para contactar facilmente os experts, autoridades, ou sugerir ações aos usuários afetados.