Cushion, a plataforma de gestão de trabalhos para autônomos, anuncia mudanças

Cushion
Cushion faz quatro anos, tempo no qual conseguiu incluir funções de todo tipo para facilitar aos autônomos desde a gestão de seu tempo e projetos até a organização de faturas.

Assim, veio se destacando como uma das plataformas mais flexíveis e práticas para freelancers, embora tenha por trás apenas três pessoas focadas a criar uma ferramenta realmente útil para qualquer tipo de profissional.

Leia também: LOGICALDOC, UM SISTEMA DE GESTÃO DE DOCUMENTOS QUE VALE A PENA CONHECER

Desde seu timesheet onde é possível registrar o tempo investido em cada projeto, até sua seção de finanças, cushion permite detectar problemas com determinados clientes ou tarefas, já que é possível indicar o tempo que demoramos em cada trabalho e verificar se há muito desvio em relação ao que era prioridade. A seção de faturas é, certamente, a menos útil desde um ponto de vista internacional, já que cada país tem uma realidade completamente diferente na hora de declarar renda e pagar impostos.

O fato é que foram vários anos criando funções de uma forma muito acelerada, e agora pararam para fazer uma autocrítica na qual prometem refazer o coração do sistema para transformá-lo em uma plataforma mais intuituiva e prática para todos.

Com frases como:

[…] ao construir estas funções úteis de forma acelerada, temos apresentado uma interface que não foi projetada com essas novas características em mente.

ou

[…] chega um ponto em que devemos dar um passo atrás e assegurar de que tudo se encaixa da melhor forma possível.[…]

Leia também: HITASK, O SISTEMA DE GESTÃO DE TAREFAS E PROJETOS, AGORA COM EXTENSÃO CHROME

Dessa forma, fica claro de que cushion não é o que deveria ser, e prometem novidades importantes nesta plataforma usada por milhares de pessoas em todo o mundo.

Ficaremos atentos.