Facebook desenvolve aplicativo que permite identificar pessoas com a câmera do celular


Facebook é novamente motivo de polêmica. E isso porque segundo um relatório, desenvolveu e testou internamente um aplicativo de reconhecimento facial com uma dinâmica muito particular.

Facebook realizou esse teste entre 2015 e 2016, e a dinâmica era usar a câmera móvel para identificar qualquer pessoa em tempo real (neste caso, funcionários e pessoas relacionadas) e visualizar automaticamente seu perfil na rede social.

Ou seja, os funcionários do Facebook reuniram seus colegas, e apontando a câmera, graças ao reconhecimento facial da plataforma, puderam ver seus nomes e as fotos nos perfis da rede social em apenas alguns segundos.

Uma dinâmica que vai muito além do uso do reconhecimento facial para marcar fotos na plataforma. Um porta voz do Facebook reconheceu esse fato no TC, mencionando que ele fez parte apenas de um dos muitos testes realizados para experimentar novas tecnologias. Portanto, nesse caso, o aplicativo foi preparado apenas para identificar funcionários e um pequeno grupo de amigos.

Mesmo assim, foi um experimento baseado no sistema de reconhecimento facial alimentado por dados do Facebook. Este aplicativo não teve continuidade, mas ainda deixa no ar receios sobre a privacidade e o uso indevido de dados do Facebook.