Jogos violentos no Youtube já podem ser publicados sem tantas restrições


Uma nova política já está valendo no YouTube, a qual permite o upload de vídeos de jogos que contenham violência simulada sem tantas restrições de idade.

O objetivo é que os jogos que incluem violência com script ou simulação sejam aprovados diretamente, sem limite de idade. Isso significa que esses vídeos serão abertos a todos, não apenas àqueles com uma conta indicando mais de 18 anos.

O bloqueio pode ocorrer se a violência for extrema e focada apenas nessa parte, como uma jogada final no Mortal Kombat, por exemplo.

Embora na nova política digam “haverá menos restrições à violência nos jogos”, o YouTube afirma que “manterá seu alto nível para proteger o público da violência no mundo real”, embora não especifiquem muito bem como o farão.

A nova política não se aplica às diretrizes de publicidade: se um vídeo for considerado violento demais para os anunciantes, mesmo se for adequado aos padrões do YouTube, ainda corre o risco de ser desmonetizado. Isso faz com que os usuários que vivem de jogos publicitários tenham mais dificuldade em ganhar dinheiro dando tiros.

O YouTube diz que deseja identificar anunciantes interessados ​​em conteúdo mais vanguardista, como um vendedor que procura promover um filme com classificação R, para poder relacioná-los com criadores cujo conteúdo se encaixe nos seus anúncios, mas estamos falando de médio e longo prazo, pois isso não é uma tarefa fácil.

Não é de hoje que os YouTubers já expressaram suas frustrações com o sistema de publicidade do YouTube quando se trata de conteúdo de jogos. Muitos reclamam que a única maneira de ganhar dinheiro com videogames é com Minecraft, Fortnite e companhia, e parece que continuará sendo assim.