Os complementos do G Suite saem da versão beta, chegando oficialmente ao Gmail, Calendário e Drive


É comum que aplicativos focados na produtividade, mais cedo ou mais tarde, permitam a integração de terceiros, o que torna mais fácil para os usuários ter todas as ferramentas necessárias em seu fluxo de trabalho sem ter que alternar entre aplicativos diferentes, sendo mais eficiente, tendo tudo o que precisa em um só lugar.

Nesse sentido, Google acaba de anunciar que os complementos do G Suite, que até agora estavam disponíveis na versão beta desde que foi anunciado durante o mês de abril do ano passado no Cloud Next 2019, agora passam para a fase estável, e portanto, sua implantação gradual começa para todos os usuários do GSuite, um processo que pode levar até 15 dias para aparecer.

Por enquanto, os complementos do G Suite podem ser usados ​​nas versões comerciais do Gmail, Calendário e Google Drive, embora o Google prometa que também serão compatíveis com outros aplicativos do G Suite ao longo deste ano.

Além disso, os administradores das organizações terão a possibilidade de selecionar um conjunto de complementos para incluí-los em uma lista no G Suite Marketplace por meio do Console do administrador ou continuar a instalar os complementos escolhidos em todo o domínio através da lista no G Suite Marketplace.

Por sua parte, os usuários terão acesso aos complementos através do painel lateral, localizado no lado direito. Você pode instalar tudo o que precisa pressionando o botão «+» nesse painel, tendo também acesso aos complementos já instalados.

Os complementos do G Suite serão ativados por padrão para administradores e usuários.

Por outro lado, as organizações que precisam ter seus próprios complementos personalizados podem desenvolvê-los por meio do Apps Script, embora, a esse respeito, o Google já avise que a função de desenvolvedor estará totalmente disponível no início de fevereiro, comprometendo-se a oferecer mais informações sobre a mesma.