Dois novos sites de Coronavírus: um da Alphabet e um da Microsoft

Quando há muitas informações sobre um assunto, é ótimo quando conseguem concentrá-las e filtrá-las, e é isso que as grandes empresas estão fazendo com a questão do coronavírus.

Hoje, a quarentena continua em muitos países e, embora milhares de pessoas continuem trabalhando (algumas remotamente e outras sem alterações aparentes), os dados continuam circulando na Web: mais infectados, mais pessoas nos hospitais e mais serviços de saúde saturados para atender a qualquer tipo de demanda.

Porque vamos lembrar: o principal problema não está na baixa letalidade do vírus, mas em sua enorme capacidade de contágio, que faz com que milhares de pessoas acessem hospitais ao mesmo tempo saturando a rede de saúde do país (que pode causar muitas mortes entre pacientes que não têm coronavírus).

O fato é que hoje nascem dois novos sites, um da Alphabet (empresa-mãe do Google) e outro da Microsoft, tendo o coronavírus como protagonista.

Linha de base do projeto

Na verdade, uma subsidiária da Alphabet, está colaborando com o escritório do governador da Califórnia, as autoridades federais, estaduais e locais de saúde pública para ajudar as pessoas com o exame COVID-19.

A linha de base do projeto permite que os residentes da Califórnia se inscrevam no teste COVID-19 sem nenhum custo. Atualmente, está disponível apenas para pessoas que moram nos municípios de Santa Clara e San Mateo.

Primeiro, solicita que façamos login com a Conta do Google e, em seguida, preencha um formulário online com perguntas básicas relacionadas à saúde. Uma vez feito isso, os resultados serão recebidos por email; Se o usuário for elegível para um teste, a empresa solicitará a visita ao centro mais próximo para um check-up gratuito no horário designado.

As perguntas freqüentes no site esclarecem que todos os dados serão armazenados em um formato criptografado e não serão compartilhados com os anunciantes.

Mais informações em projectbaseline.com .

Bing Coronavirus

O mecanismo de pesquisa da Microsoft publicou uma página com um mapa mostrando em tempo real as infecções detectadas em diferentes países. Ao clicar em cada país, veremos uma seleção de notícias atualizadas relacionadas ao tópico.

Eles usam dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), dos Centros dos EUA para Controle e Prevenção de Doenças (CDC) e do Centro Europeu para Prevenção e Controle de Doenças (ECDC).

Como nos mapas já conhecidos, você pode ver número de pessoas mortas ou recuperadas.

Para acessar, basta clicar em bing.com/covid .