Mypaint 2.0: opção open source ideal para desenhar em tablet digitalizado


No que diz respeito ao mundo das digitalizações de tablets, muitos dos usuários desses dispositivos acabam recorrendo a ferramentas de pintura digital, como PaintTool SAI ou Corel Painter, quando dão vida às suas idéias.

No entanto, existem alternativas de código aberto disponíveis, caso você não queira optar por ferramentas comerciais.

Uma delas é MyPaint, uma ferramenta que evolui da versão 1.3 para a 2.0, apresentando aos usuários uma ampla variedade de opções com as quais podem ter a oportunidade de ajustar elementos como pincéis, ter uma tela ilimitada e obter suporte para camadas base.

Além disso, MyPaint 2.0 possui uma opção que, quando usada, permite manter toda a interface gráfica oculta, para que você possa se concentrar totalmente na área de trabalho.

Um dos destaques do MyPaint 2.0 é a adoção padrão do modo de desenho da composição linear e da mistura espectral, que você pode desativar ao ativar o modo compatível, um estado que você também pode selecionar se quiser continuar usando camadas normais.

Com MyPaint 2.0, você pode ter vários novos parâmetros de pincel, como pigmento, posterização, parâmetros avançados de desfoque e deslocamento, acompanhados de novos atributos de entrada de pincel, como nível de zoom, raio base ou ângulo de ataque.

Além disso, MyPaint 2.0 inclui uma melhoria na qual o resultado do sombreamento é condicionado pela rotação da tela, juntamente com outras, aplicadas na ferramenta de preenchimento, a nova função de importação de camadas, posterização e pigmento, ajustes adicionais de manchas etc.

Um aplicativo gratuito e multiplataforma, assim é MyPaint 2.0, um software que você pode adquirir na página oficial do GitHub, onde encontrará versões de avaliação e estáveis ​​disponíveis para download nas plataformas Windows, Mac OS X e Linux (Appimages e Flatpack com a opção de adicionar repositórios APT para distribuições Ubuntu e Debian).