Chega o novo aplicativo Messenger para desktop, com chamadas de vídeo e muito mais


A atual situação de confinamento forçado que uma grande parte da população mundial está enfrentando, causada pela atual crise de saúde do coronavírus Covid-19, provocou um aumento impressionante no uso de aplicativos de videochamada, alcançando opções veteranas como Houseparty ou Zoom, que até recentemente eram desconhecidos por um grande número de usuários, e até novos usuários que acessam outros aplicativos existentes, como Hangouts ou Google Duo.

Além disso, a gigante das mídias sociais notou um aumento de 100% na função de chamadas de áudio e vídeo no Messenger a partir do navegador de desktop durante o último mês de março. E agora, aproveitando a demanda existente por aplicativos que permitem chamadas de vídeo, eles acabaram de lançar um aplicativo de desktop nativo Messenger para Windows (para Windows 10 10240.0 ou superior) e MacOS (OS X 10.10.0 ou superior), estando agora disponível na Microsoft Store e Mac App Store, respectivamente.

Segundo o Facebook, seu novo aplicativo de desktop Messenger integra chamadas de vídeo gratuitas ilimitadas, com as quais os usuários podem manter contato com familiares e amigos em uma tela maior, desfrutando de conversas com áudio e áudio, vídeo de alta qualidade, conforme prometido.

Da mesma forma, o novo aplicativo também incorpora outras funções comuns, como modo escuro, notificações de novas mensagens, incorporação de GIFs animados nas mensagens de bate-papo e muito mais.

Para entrar em contato com familiares e amigos, não é necessário saber seus endereços de email ou número de telefone, pois é suficiente que os contatos também estejam no Messenger para realizar as conversas. Além disso, os usuários podem continuar conversando enquanto realizam outras tarefas simultâneas em seus próprios computadores.

Todas as conversas serão sincronizadas em dispositivos móveis e de desktop, permitindo que os usuários acessem suas conversas em qualquer dispositivo em que o Messenger esteja presente e possam escolher qualquer uma de acordo com suas preferências.

Portanto, esta é a nova proposta do Facebook para manter os usuários conectados, e ainda mais agora que estão todos confinados em suas casas.