Fundador do Wunderlist anuncia novo aplicativo de produtividade: Superlist


Christian Reber mudou o mundo quando criou Wunderlist, um aplicativo de lista que a Microsoft acabou comprando, mas logo anunciando seu fim. Agora ele anuncia um novo projeto: Superlist.

Seu objetivo é permitir “produtividade turbinada para as equipes do futuro”, conforme indicado em seu site superlistapp.com.

A boa notícia é que nada de ruim pode ser esperado de Christian Reber, a má notícia é que não há muitos detalhes sobre o que esse novo aplicativo fará.

Há algumas informações adicionais em um tópico da Reber no Twitter, e parte da equipe da Superlist é conhecida por ser da Microsoft. Reber está pensando no aplicativo como “um investimento na próxima geração do Wunderlist”, então parece indicar que será um aplicativo de lista novamente, mas podemos ver integrações com o email ou, quem sabe, os quadros do Kanban.

Reber fundou Wunderlist em 2011, 4 anos antes da compra pela Microsoft, que anunciou em 2017 que o fecharia, pois o objetivo era destacar o Microsoft To Do, que se integra diretamente ao seu pacote de software do Office. No final do ano passado, a Microsoft anunciou que encerraria o Wunderlist em 6 de maio de 2020, ou seja, hoje, então este é um bom momento para anunciar uma possível substituição.

De qualquer forma, é importante ter em mente que, além do Microsoft To Do, surgiram ótimas alternativas, como Zenkit, entre outras.