Microsoft Teams terá novos cenários para sessões de videoconferência


Este ano, claramente marcado pela pandemia de coronavírus Covid-19, forçou as reuniões de negócios a saltarem das salas físicas para monitores por meio de sessões de videoconferência.

Isso, por sua vez, acabou trazendo a necessidade de preservar a privacidade dos participantes, razão pela qual muitas plataformas de videoconferência têm adicionado funções de desfoque de fundo. E Microsoft Teams resolveu ir além, com o Together Mode, ou Modo Juntos, função lançada em julho passado, que recorta a silhueta dos participantes em tempo real e os coloca como avatares em diferentes posições dentro de uma mesma cena.

E como a ideia é bastante popular, a Microsoft já prepara novos cenários para as sessões de videoconferência do seu serviço de comunicação colaborativa para grupos de trabalho. Assim, de acordo com o que foi relatado no evento Ignite 2020, a Microsoft Teams receberá em breve novas cenas que simulam auditórios, salas de conferência ou uma cafeteria.

Além disso, usando o aprendizado de máquina, esse recurso posicionará e dimensionará melhor a localização dos participantes, independentemente de quão perto eles possam estar de suas webcams.

Até o final do ano, a Microsoft Teams também permitirá que os participantes personalizem a forma como apresentam seu conteúdo. Por exemplo, poderão mostrar o vídeo do apresentador em primeiro plano da imagem, deixando para trás os slides que estão compartilhando.

Outra novidade que chegará até o final do ano é a possibilidade de dividir o grupo atual em salas virtuais menores para facilitar as sessões, onde os apresentadores terão a possibilidade de fazer anúncios em todas, pular de uma para outra, ou fecha-las para voltar à sala principal.

Haverá também recapitulações de reuniões automatizadas, integrações do Microsoft 365, experiências de chamadas aprimoradas, proteção de dados corporativos aprimorada, expandindo para um máximo de 25.000 participantes por grupo e muito mais.

Como foi dito, são novidades que chegarão até o final deste ano, a partir de outubro próximo.

Para mais informações, é só consultar o edital oficial .