Whatsapp lança função de carrinho de compras


Às vésperas do Natal, e com o boom comercial nos dias de hoje para a compra de presentes, que este ano será principalmente pela Internet, para garantir mais segurança, o WhatsApp está lançando sua nova função de carrinho de compras no mundo inteiro .

A plataforma de mensagens, propriedade do Facebook, destaca que “com carrinho de compras, as pessoas podem navegar em um catálogo, selecionar vários produtos e enviar o pedido em forma de mensagem para a empresa”.

Basicamente, é a nova função de compras, compatível com a função de catálogo atual, que facilita aos usuários a indicação às empresas sobre os produtos (podem ser vários) que desejam adquirir, disponíveis nos respectivos catálogos.

Esta função irá beneficiar tanto os próprios usuários quanto as empresas, geralmente pequenas empresas, que optaram pelo WhatsApp como um (ou seu único) canal de vendas, permitindo-lhes rastrear os pedidos de seus clientes com mais eficiência.

Os tempos e as formas de consumo mudam, com uma utilização crescente do chat como novo canal de vendas, ao qual se acrescenta que o WhatsApp também tem caminhado nos últimos anos para uma plataforma que facilita o contato de empresas com seus clientes potenciais.

Atualmente o WhatsApp já conta com suporte para pagamentos na Índia, enquanto aqui no Brasil foi suspenso pelas autoridades logo após seu lançamento, embora esperem retomar em breve essa possibilidade.

É uma questão de tempo antes que os pagamentos no aplicativo se espalhem para outros territórios, para que os usuários possam ter uma experiência de compra totalmente abrangente no aplicativo.

Vale lembrar também que o WhatsApp será, junto com o Facebook Messenger, as duas plataformas do Facebook que contarão com a carteira virtual da Novi, pertencente à Diem, assim que essa criptomoeda entrar em serviço, então também podemos imaginar as possibilidades futuras do principal serviço de mensagens, desde que as empresas também suportem pagamentos nesta criptomoeda.

Embora os usuários ainda não vejam o WhatsApp como uma plataforma de vendas, será uma questão de tempo até que mudem essa percepção sobre o serviço de mensagens do Facebook.

Não há dúvidas de que o WhatsApp aproveitou a situação atual, Natal + compras online, para lançar esta função.

Pensando no futuro, de acordo com a WABetaInfo, o WhatsApp obrigará a aceitar os novos termos e condições que oferecerá a partir do próximo dia 8 de fevereiro, caso a data não seja alterada ao longo desses meses, ou então, bloqueará contas.