Google lança aplicativo para investigar doenças


Google lançou um aplicativo dedicado à pesquisa em saúde. Uma dinâmica que funcionará em dispositivos Android e que contará com a colaboração dos usuários.

Numa primeira fase, este aplicativo terá como foco o estudo das doenças respiratórias, incluindo a COVID-19. Uma investigação que será realizada em colaboração com Harvard Medical e Boston Children’s Hospital.

O aplicativo, chamado Google Health Studies, irá coletar os dados preenchidos pelos usuários que se cadastrarem como voluntários para participar da iniciativa.

Uma dinâmica que já vimos no ano passado com o app de pesquisa lançado pela Apple. Naquela época, a pesquisa da Apple focava diferentes aspectos da saúde da mulher, e os dados eram registrados por meio do iPhone e do Apple Watch.

Essa dinâmica facilita a participação de usuários que desejam se voluntariar e fornece aos pesquisadores médicos os dados de que precisam para seus estudos. Seguindo a mesma linha, o Google vai solicitar que os voluntários respondam a uma série de perguntas, pesquisas e compartilhem uma série de dados desde seu celular Android.

Por meio do aplicativo, poderão registrar quaisquer sintomas relacionados a doenças respiratórias, bem como os cuidados que tomam para evitar o contágio, entre outras informações. E ao visar especificamente a COVID-19, a pessoa será capaz de especificar se sente algum dos sintomas ou se um teste foi realizado. No momento, essa dinâmica só está ativada para adultos residentes nos Estados Unidos.

Google Health Studies oferece às pessoas uma maneira fácil e segura de participar de pesquisas médicas, enquanto permite que os pesquisadores descubram novos insights epidemiológicos sobre doenças respiratórias

Todos esses dados serão coletados na plataforma para que pesquisadores e profissionais de saúde analisem e entendam como as doenças respiratórias evoluem nos diferentes grupos demográficos, levando em consideração a idade, fatores de risco, entre outros critérios. E, claro, também ajudará a estabelecer padrões entre as atividades ou rotina de um determinado setor com a disseminação da doença.