Museu de Amsterdã digitaliza mais de 700.000 obras de arte e as publica na internet


A Internet ganhou um presente, uma fantástica coleção de arte do Museu Rijksmuseum, em Amsterdã, composta por mais de 700.000 obras de vários artistas, incluindo Rembrandt.

A vida de Rembrandt foi marcada por doenças, pragas, isolamento e dor, sentimentos comuns nos dias de hoje. Apreciar essas obras do século 17 pode ajudá-lo a entender melhor a sociedade em que viveu.

Disponível em rijksmuseum.nl, existem muitas obras marcando os anos entre 1630 e 1636, quando mais de 2.000 pessoas morreram de peste e, em meados dos anos 1650 e meados dos anos 1660, centenas mais.

Mas o Rijksmuseum não apenas nos brindou com arte em nosso atual estado de solidão, o museu também dobrou sua coleção de obras gratuitas de alta resolução online, de Rembrandt, Vermeer e uma série de outros artistas que usaram a arte para lidar com a perda e a solidão durante as pragas de seu tempo. O museu agora oferece um total de 709.622 imagens digitalizadas.

Esta extensa coleção digital está disponível gratuitamente para download, compartilhamento e edição com uma conta gratuita do Rijksmuseum, ao mesmo tempo que nos dá acesso a outras séries informativas em seu site.