Uma biblioteca de ferramentas de código aberto para criadores de conteúdo digital


Em marketing digital, desenvolvimento web, programação de software, design e produção audiovisual, existe uma infinidade de ferramentas disponíveis para a criação de conteúdo. Assim como existem alternativas catalogadas como líderes em suas respectivas áreas, também existem outras opções que surgem de tempos em tempos, oferecendo mais possibilidades de escolha, dependendo de certas necessidades particulares e de determinados orçamentos.

O Open Source Stash é um canal de divulgação que reúne um grande acervo de ferramentas, distribuídas em 23 categorias relacionadas a marketing, desenvolvimento, design e muito mais. Como um elemento comum, as recomendações apresentadas aqui são amigáveis ​​à privacidade de seus usuários e são distribuídas sob licenças de código aberto.

Open Source Stash reúne uma seleção completa de ferramentas que estão surgindo como alternativas para outras aplicações ou serviços de uso comum. Por exemplo, Google Analytics, Zapier e Slack têm mais de uma alternativa listada neste índice.

O criador da plataforma, Adithya Shreshti, disse que a inspiração para criar este portal foi sua própria experiência no mundo da criação de conteúdo.

“Inicialmente pensei que o Adobe Illustrator era a única ferramenta de design, mas não é, existem alternativas como o GIMP que são gratuitas e de código aberto. Eu não sabia até que alguém mencionou isso para mim ”, disse Shreshti, que também é curador de conteúdo no Open Source Stash.

As opções são muitas e são apresentadas junto com uma captura de tela, uma breve descrição e um rótulo referente ao software que podem substituir, se aplicável. Eles estão distribuídos entre categorias como design, comunicação, analytics, gerenciamento de senhas, processadores de texto, ferramentas de colaboração, comércio eletrônico e utilitários de vídeo, entre outros, completando um total de 23 classes diferentes, úteis para o trabalho de desenvolvedores, designers, anunciantes e outras atividades relacionadas.

Além da navegação por categorias, a página inicial do site apresenta uma seleção das últimas ferramentas adicionadas e também possui um mecanismo de busca que permite encontrar novas opções por meio de palavras-chave.

As alternativas listadas nesta plataforma são constantemente atualizadas, incluindo opções para usuários de nível profissional ou avançado, bem como outras mais básicas e até mesmo algumas vinculadas à metodologia No Code.

A plataforma está aberta a contribuições, portanto, além de ser uma boa alternativa para encontrar diferentes ferramentas, também pode servir de vitrine para empreendimentos digitais mais recentes.

Os motivos podem variar, mas há ocasiões em que ao abordar um projeto, opta-se por dispensar uma determinada ferramenta, considerada como uma “carta segura” nas práticas comuns de qualquer atividade relacionada à criação de conteúdo digital.

Diante desse cenário, encontrar novas opções pode ser difícil ou limitado. Poder acessar uma seleção de ferramentas que são amigáveis ​​com privacidade, permite ajustar a filosofias mais cuidadosas com este assunto. Além disso, o fato de esses instrumentos digitais serem open source facilita o acesso a eles e reduz os custos associados, uma vez que são sustentados por estratégias diferentes da operação que hoje rege o mercado.

Quem quiser explorar essa coleção de recursos, pode encontrá-la no site Open Source Stash .