Facebook lança ferramenta para ajudar pessoas no Afeganistão


O Facebook está lançando uma série de recursos de segurança para que os usuários no Afeganistão possam bloquear suas contas com ações rápidas.

Isso é complementado por algumas ajudas que estão sendo integradas ao aplicativo Instagram para que possam proteger suas contas rapidamente e minimizar sua presença nas redes sociais.

Nathaniel Gleicher, chefe da política de segurança do Facebook, compartilhou de sua conta no Twitter uma série de funções de segurança e outras ações, que estão sendo implementadas no Instagram e no Facebook, para ajudar os usuários no Afeganistão a minimizar sua presença nessas plataformas:

Lançamos uma ferramenta para que as pessoas no Afeganistão possam bloquear suas contas rapidamente. Quando seu perfil está bloqueado, as pessoas que não são seus amigos não podem baixar ou compartilhar sua foto de perfil ou visualizar postagens em sua linha do tempo. No Instagram, estamos implementando alertas pop-up no Afeganistão com etapas específicas sobre como proteger sua conta.

Para complementar essas medidas de segurança, o Facebook também está desabilitando a opção que permite pesquisar na lista de “Amigos” dos usuários. Uma medida de segurança que também encorajou aqueles que estão no exterior, mas têm amigos no Afeganistão, a tomar. Para fazer isso, basta alterar as configurações de privacidade da lista de amigos.

Por outro lado, no tópico aberto do Twitter também compartilha alguns guias para jornalistas, ativistas ou qualquer pessoa que esteja no Afeganistão, para proteger sua presença online levando em consideração as ferramentas de segurança digital.

São ferramentas criadas por organizações de direitos humanos para que os usuários tomem medidas para proteger sua presença em diferentes plataformas sociais. O Facebook menciona que também criou um centro de operações especiais para monitorar a situação e responder rapidamente a quaisquer ameaças com novas medidas nas plataformas.