Microsoft lança Windows 365, seu sistema operacional baseado em nuvem


Windows 365, o novo serviço voltado para negócios da Microsoft, agora está disponível comercialmente para usar o Windows 10 ou Windows 11 por meio de um navegador.

Este serviço baseado na nuvem pode ser contratado por preços a partir de €18,20 por utilizador por mês.

Em declarações públicas anteriores, quando a Microsoft fez referências a este projeto, este foi definido como uma ferramenta para as empresas terem instantaneamente os seus computadores de trabalho, sejam em regime de trabalho híbrido ou totalmente remoto.

Windows 365 já está disponível para assinatura, com taxas que variam de acordo com a categoria da empresa, por exemplo, se tiverem 300 funcionários ou menos é classificada como pequena ou média; enquanto se exceder esse número, se enquadram na categoria Enterprise. Dentro de cada categoria, a oferta de servidores oferece uma ampla gama de preços, definidos de acordo com a potência de cada servidor virtual.

Vale saber que um computador baseado em nuvem oferece certas vantagens, como não precisar de manutenção periódica ou proteção de todas as informações e configurações contra roubo ou outros tipos de danos ou perda de material.

Embora, a longo prazo, pagar por uma assinatura possa ser ainda mais caro do que um computador, para as empresas pode ser uma solução mais prática do que enviar um computador para trabalho remoto. Em vez disso, as credenciais de login para um PC baseado em nuvem seriam suficientes.

Como uma introdução a seu funcionamento, a Microsoft apresentou os principais aspectos do Windows 365 em um vídeo lançado após seu lançamento. 

Quem quiser saber mais detalhes sobre este serviço ou sobre sua tabela de preços, basta acessar Windows365.com.