Amazon planeja lançar uma TV com sua própria marca


Dentro da ampla gama de serviços e produtos que a Amazon possui em seu portfólio comercial, uma nova categoria será integrada em breve.

Um relatório recente publicado pela Business Insider observou que a Amazon está trabalhando em uma televisão de sua própria marca, com lançamento previsto para outubro.

Desde a publicação do relatório do Insider, a Amazon não emitiu declarações que endossem ou desacreditem oficialmente o anúncio. Até o momento, é a única fonte de dados conhecida sobre o assunto.

O relatório indica que em primeira instância esse lançamento ocorreria durante o mês de outubro nos Estados Unidos, após um processo de preparação de cerca de dois anos, atrasado por dificuldades logísticas.

Além de licenciar seu software para outros fabricantes de hardware, como a Toshiba, que integrou aplicativos Fire TV em seus televisores, a Amazon recentemente fez uma primeira abordagem à essa iniciativa. No final de 2020, a empresa lançou uma TV na Índia sob a bandeira da AmazonBasics, de acordo com a postagem do Insider.

A televisão que a Amazon planeja lançar nos Estados Unidos foi administrada internamente como um projeto secreto, cuidadosamente guardado. De acordo com o Business Insider, os quase dois anos de processo desta iniciativa envolveram equipes da Amazon Devices e Lab126, conforme relatado por pessoas familiarizadas com a situação que preferiram manter sua identidade em sigilo.

O relatório indica que essas televisões viriam em modelos de 55 a 75 polegadas e funcionariam com Alexa. Pelo menos nesta fase, o equipamento foi desenhado e fabricado por empresas externas, entre as quais a TCL, empresa chinesa que, para além de fabricar televisores comercializados com a sua marca, fabrica também exemplares para Alcatel e Samsung.

Com esse movimento, a Amazon pode começar a entrar em uma nova área e competir com grandes empresas do setor de tecnologia que também comercializam televisores.

A Amazon ambiciona ter a mais vasta gama de produtos e serviços possível, é um “mantra” da empresa para o qual até piscam o seu logótipo, com a seta a apontar de “a” a “z”. Fora da vasta gama de serviços e produtos que hoje podemos encontrar associados a esta marca, os alto-falantes com Alexa, além de alguns eletrodomésticos lançados recentemente, indicam que a Amazon quer entrar totalmente em nossas casas.