Image2Lego, transforma imagem 2D em um modelo 3D com peças de Lego


Ao longo de várias gerações, as peças Lego têm sido mais do que um brinquedo, estimulando a criatividade de jovens e idosos.

Embora ao longo dos anos tenham sido descobertas construções realmente impressionantes, feitas inteiramente com essas peças, a reprodução de certos modelos de design costuma ser um tanto difícil de lidar. 

Pois bem, isso até agora, já que com a ajuda de um sistema de IA, é possível planejar a construção de um projeto a partir de uma imagem de referência.

Image2Lego, o modelo apresentado pelo MIT, é capaz de converter uma imagem 2D em uma representação 3D, que é posteriormente processada por um algoritmo, transformando o modelo 2D em uma peça 3D feita com peças de Lego.

Para realizar esta tarefa, o sistema utiliza um codificador automático estruturado, treinado com modelos 3D que ajudam a obter uma representação viável para a reconstrução do modelo. No primeiro caso, o projeto é simplesmente gerado em três dimensões, mas depois um modelo 3D fragmentado é obtido em tijolos, após submeter o resultado a um sistema que separa essa estrutura em blocos personalizados.

O sistema de fotoconversão utiliza uma arquitetura que permite produzir facilmente resultados em várias resoluções, de forma a melhor se adaptarem à visão criativa ou às necessidades de design de cada utilizador.

O mais impressionante é que Image2Lego não gera apenas uma representação gráfica da eventual aparência de uma fotografia plana processada sob este modelo. O sistema gera passo a passo instruções de construção e animações para modelos de LEGO correspondentes às imagens processadas, sejam de objetos ou de rostos humanos, e também considerando uma paleta de cores baseada nas opções de blocos disponíveis em um conjunto real de peças.

Este é um projeto em desenvolvimento, ainda não é possível acessar esta ferramenta através de algum software “regular”. O relatório que relata os primeiros avanços deste estudo foi publicado recentemente.

De acordo com o que aponta a equipe de pesquisa por trás do Image2Lego, no futuro o sistema poderá ser melhorado expandindo o conjunto de dados no qual suas operações são baseadas. Por exemplo, uma maior combinação de posições de peças ou a adição de novos tamanhos ou formas de blocos poderia ajudar a ocupar melhor os espaços, gerar uma representação visual mais precisa da imagem tratada e até mesmo fortalecer a estrutura ou aumentar a usabilidade de um design.

Além de trazer para a mesa uma nova ferramenta que pode estimular a criatividade de construtores de Lego de várias idades e habilidades, os pesquisadores dizem que essa tecnologia pode ser usada para outros fins criativos. Por exemplo, este mesmo modelo pode ser ajustado para criar mosaicos 2D a partir de uma fotografia.

Embora os responsáveis ​​por este projeto procurem lapidá-lo e aprimorá-lo com as utilidades que esta ferramenta pode oferecer, em seu estado atual este algoritmo já gerou automaticamente alguns conjuntos de Lego que foram testados com sucesso pela equipe, usando peças de Lego reais.