Whatsapp permitirá escolher mais emojis nas reações


Enquanto a função de reações ainda não chega a todos os usuários do WhatsApp, já há algumas semanas nas mãos de alguns beta-testers do aplicativo, a popular plataforma de mensagens, de propriedade da Meta Platforms, já está trabalhando para melhorá-la, e acabou de compartilhar hoje no WABetaInfo.

É, na prática, uma abordagem mais próxima do funcionamento das reações do Facebook Messenger. Inicialmente, as reações internas do WhatsApp oferecem aos usuários uma lista fechada de seis opções de emoji: eu gosto, adoro, me divirto, estou maravilhado, estou triste e rezo/implorei.

A melhoria consiste na inclusão de um botão “+” que os usuários terão que pressionar para obter a lista completa de emojis e escolher a opção que melhor lhes convém em todos os momentos. Como dizemos, é algo que já vem acontecendo no Facebook Messenger, também de propriedade da Meta Platforms.

No momento, o acesso à lista completa não está disponível, pois a melhoria ainda está em fase de desenvolvimento, não sendo funcional neste momento até a chegada de uma futura atualização da versão beta que permite o acesso à lista completa de emojis.

De qualquer forma, os emojis elegíveis não possuem animações, ficando muito distantes do que outros aplicativos de mensagens oferecem, principalmente no Telegram.

E é que no caso do WhatsApp, a notícia chega aos poucos, talvez porque comece de uma posição privilegiada, com uma participação de 2.000 milhões de usuários em todo o mundo, para que não vejam a necessidade de investir maiores esforços na melhoria do aplicativo em um ritmo mais rápido.

De qualquer forma, agora é só esperar que a versão aprimorada das reações do WhatsApp apareça em uma atualização futura de sua versão beta até chegue oficialmente em uma versão estável.

Nesse sentido, não deve demorar muito, pois é uma função que, com o tempo, se tornou um padrão em aplicativos de mensagens, disponível há muito tempo até em opções de mensagens muito menos conhecidas, ou mesmo em plataformas de comunicação para empresas.

Crédito da imagem: WABetaInfo