Google vai fundir Duo com Meet para criar uma única app de videochamadas


Muita gente não consegue entender como uma empresa como o Google não conseguiu manter e evoluir o Google Talk ao longo do tempo, apostando em lançar novos serviços de mensagens, que tiveram que retirar algum tempo depois, devido à baixa aceitação.

E atualmente, não estava fazendo sentido manter dois aplicativos de videochamadas, gerando confusão entre os usuários, principalmente, em tempos de pandemia, quando outras opções se fortaleceram.

Pois bem, já até passou da hora, mas finalmente, Google resolveu fundir Google Duo com Google Meet, mantendo um único aplicativo de videochamada em vez de dois.

Nesse sentido, o Google incorporará as funções do Meet ao Google Duo nas próximas semanas, esperando-se que ainda neste ano seja renomeado para Google Meet.

Segundo o Google, sua linha do tempo será a seguinte:

Nas próximas semanas, adicionaremos todos os recursos do Google Meet ao app Duo para que os usuários possam agendar facilmente uma videochamada em um horário conveniente para todos ou continuar usando as videochamadas para se conectar instantaneamente a uma pessoa ou grupo. Ainda este ano, renomearemos o aplicativo Duo para Google Meet, sendo nosso único serviço de comunicação por vídeo no Google, disponível para todos sem nenhum custo.

Como muitos de vocês devem se lembrar, o Google Duo é um aplicativo que nasceu em 2016 com o objetivo de ser um aplicativo simples especificamente para videochamadas, enquanto o Allo, seu aplicativo de mensagens simples, não se concretizou, então em 2019 se tornou parte do cemitério do Google, serviços que a empresa vem eliminando ao longo do tempo.

O Google Meet, por sua vez, foi a evolução do que já foi o serviço de videochamada Hangouts, também fechado pelo Google há alguns anos.

Agora, esperamos que, após alguns insucessos, a nova fusão possa trazer bons frutos, como as seguintes possibilidades prometidas no anúncio do Google:

  • Personalizar fundos virtuais em chamadas e reuniões
  • Agendar reuniões para que todos possam participar em um horário conveniente para todos
  • Usar o bate-papo na reunião para um envolvimento mais profundo
  • Compartilhar conteúdo ao vivo para permitir a interação com todos os participantes da chamada
  • Obter legendas em tempo real para melhorar a acessibilidade e aumentar o envolvimento
  • Aumentar o tamanho das videochamadas de um limite atual de 32 para 100 participantes
  • Integrar com outras ferramentas, incluindo Gmail, Google Agenda, Assistente, Mensagens e muito mais

Agora só nos resta aguardar essa fusão para conferir todas essas funcionalidades prometidas.

Mais informações/Crédito da imagem: Google