Disney + estreará seu plano com anúncios em dezembro


Cumprindo o anunciado anteriormente, o Disney+ anunciou que a partir de 8 de dezembro começará a oferecer uma assinatura com publicidade, mais barata que seus outros planos.

Esta nova oferta será implementada inicialmente nos Estados Unidos, com a projeção de estendê-la internacionalmente durante o próximo ano. Ao mesmo tempo, o plano sem anúncios sofrerá um aumento em sua taxa.

Desde a sua entrada no mercado, o Disney+ vive um bom momento na chamada “guerra do streaming”. Sem ir muito longe, de acordo com o que foi afirmado em seu mais recente relatório de ganhos, a plataforma já conta com 152 milhões de assinantes.

A empresa busca aproveitar essa boa trajetória para continuar crescendo neste setor. Seu plano de expansão contempla a abertura a novos perfis de assinantes. Sob este objetivo, a plataforma anunciou em março a implementação de um plano de assinatura mais barato, mas com publicidade.

Este anúncio foi recentemente ampliado pela Disney, confirmando agora a data e a forma de implementação deste novo plano. O novo modo suportado por anúncios será lançado por US$ 7,99 por mês, que é o preço atual do Disney +. O nível premium da plataforma, sem anúncios (como está até agora), aumentará sua mensalidade em três dólares: para US$ 10,99 por mês ou US$ 109,99 por ano.

Por meio de um comunicado à imprensa, a Disney se referiu a essa nova oferta de assinatura como uma oportunidade de crescimento. “Expandir o acesso ao Disney+ para um público mais amplo a um preço mais baixo é uma vitória para todos: consumidores, anunciantes e nossos contadores de histórias”, disse Kareem Daniel, presidente da Disney Media and Entertainment Distribution. “Mais consumidores poderão acessar nosso conteúdo incrível. Os anunciantes poderão atingir um público maior e nossos contadores de histórias poderão compartilhar seu incrível trabalho com mais fãs e famílias. ”

Além da expansão projetada em nível público, a empresa destaca a importância de incluir o fator publicitário em sua fórmula. “Desde seu lançamento, os anunciantes clamam pela oportunidade de fazer parte do Disney+ e não apenas porque há uma demanda crescente por mais inventário de streaming”, disse Rita Ferro, presidente de publicidade e distribuição de entretenimento e mídia da Disney. “O Disney+ com publicidade oferecerá aos profissionais de marketing o ambiente mais premium em streaming com nossas marcas mais amadas, Disney, Pixar, Star Wars, Marvel e National Geographic. Mal posso esperar para compartilhar mais com os anunciantes em breve.

As expectativas em torno dessa nova modalidade de assinatura, quando o anúncio ainda era um tanto breve, giravam em torno de um plano que fosse mais barato do que as taxas já conhecidas. No entanto, a medida levou a um aumento geral dos preços.

Se você estiver fora dos Estados Unidos e mantiver uma assinatura com o Disney+, não experimentará um aumento de preço, pelo menos ainda não. Embora se preveja que isso aconteça durante o próximo ano, de acordo com o que a própria empresa anunciou, a expansão internacional específica desta medida ficará muito provavelmente sujeita à avaliação da sua recepção em território norte-americano.